website
Este site tem certas restrições de navegação. Recomendamos o uso de navegadores web como: Edge, Chrome, Safari ou Firefox.

Pérolas: charme e elegância para os seus looks

Selecionamos várias informações interessantes sobre as tão apreciadas pérolas. Conheça um pouco mais sobre esse verdadeiro presente da natureza.

 

Também chamada de “Rainha das Gemas”, a pérola é a mais antiga pedra preciosa conhecida e já foi tida como a joia mais cara do mundo justamente por ser muito rara.

Afinal, para cada milhão de ostras, apenas uma delas produz uma pérola natural. Você sabia disso?

Provavelmente por isso são tão encantadoras, não é mesmo?

 

Pérola Pérolas 

Como são formadas?

Segundo alguns autores, o processo natural de formação da pérola tem início quando uma substância estranha como um grão de areia se deposita no interior do bivalve, causando-lhe uma irritação, que desencadeia uma reação para tentar isolar o “invasor”, que inclui a produção de uma secreção que recobre o corpo estranho. 

Essa secreção é constituída por nácar, composto quase exclusivamente por carbonato de cálcio (sob a forma de cristais de aragonite) e por uma substância proteica denominada conchina.

Os cristais de aragonite dispõem-se em camadas finas e concêntricas sobrepostas com a conchina e é essa estrutura que produz o brilho especial das pérolas. No entanto, alguns investigadores sugerem outras causas para a formação das pérolas, nomeadamente alterações fisiológicas que conduzem à produção do nácar.

 

Simbologia 

As pérolas são famosas por representarem tradicionalmente pureza e muita feminilidade, além disso, muitas vezes são associados à beleza. Por ser resultado da invasão de um objeto dito como “intruso”, a pérola carrega a simbologia de que mesmo quando algo inesperado nos acontece, é possível transformar essa situação em algo bom e bonito, como a pérola.

As pérolas também são comparadas em algumas culturas, como a persa, com o órgão genital feminino.

Quando intacta é tomada como um símbolo da virgindade nas obras folclóricas e nas literaturas persas.

Ela desempenha um papel central místico ao simbolizar a sublimação dos instintos, a espiritualização da matéria, a transfiguração dos elementos.

O nome “pérola” vem dos Romanos do latim pirla, diminutivo de pira, palavra com o significado de “formato de lágrima”.

Entre os gregos, a simbologia é completamente distinta, por lá a pérola é considerada o símbolo do amor e do matrimônio. Para os romanos, a pérola também era um símbolo do amor.

 Piercing Fake Pérolas

Piercing Fake Pérolas

 

Pérolas como adornos

As pérolas eram muito apreciadas desde a Antiguidade e segundo escritos antigos, foram utilizadas para adorno pessoal cerca de 2000 anos a.C.

Ou seja, não é de hoje que elas encantam mulheres de todos os locais.

Hoje em dia, são muito usadas com prata, por exemplo, a junção dos materiais deixa os adornos ainda mais encantadores.

 

Colar Brinco Pérola Redondo e Prata

 

Como lavar a sua pérola?

Para manter a sua joia limpa e bonita, é fácil: mergulhe as pérolas em um recipiente com água fria, depois, com um sabonete neutro, esfregue pérola por pérola delicadamente em suas mãos. Enxágue e, em seguida, seque-as com uma toalha macia.

 

Propriedades curativas

Na Índia, esse elemento é usado contra hemorragias, icterícia, loucura, envenenamento, doenças dos olhos, etc.

Na Europa, já usaram para males psiquiátricos como a melancolia, a epilepsia e a demência.

No Oriente, o elemento é conhecido pelas suas propriedades afrodisíacas.

Na China, a medicina usava apenas a pérola virgem, não perfurada, que dizia curar todas as doenças dos olhos. É também considerada um símbolo de imortalidadeno país. A medicina árabe reconhece as virtudes idênticas.

A terapia indiana moderna usa pó de pérola por suas propriedades revitalizantes e afrodisíacas.

As pérolas maceradas eram usadas como elixir da longa vida ou da imortalidade. O mesmo simbolismo também abrange o uso de pérolas artificiais.

Nos sacrifícios e cerimônias fúnebres do Laos, "os mortos recebem pérolas para a vida celestial". Elas são introduzidas nos buracos naturais do cadáver.

 Colar de Pérola e Bolinha de Prata

 

Formação

As pérolas podem se formar naturalmente ou pelo cultivo e intervenção humana.

 

Pérolas naturais

São extremamente raras. Como já mencionamos acima, as pérolas naturais são aquelas encontradas dentro das ostras e que não possuem qualquer interferência humana em sua formação. Relatos informam que a maioria das pérolas naturais foram achadas no Golfo Pérsico.

Infelizmente, hoje em dia é muito difícil encontrá-las, pois além de estarem praticamente extintas, é um trabalho bastante árduo para os que a procuram, pois a proporção é de 1 em 1 milhão. Você pode até encontrar algumas pérolas naturais pequenas, mas serão extremamente caras.

 

Pérolas cultivadas

Essas acabam crescendo em “fazendas de pérolas”. Isso mesmo, existem locais específicos onde as pérolas são desenvolvidas para joalherias ou fábricas de semijoias. Os moluscos são criados até eles ficarem na idade certa para aceitarem o nácar de madre pérola.

Por meio de um procedimento bastante delicado e cuidadoso, os profissionais fazem a implementação do nácar dentro do molusco. Os moluscos então, são devolvidos para a água e recebem os devidos cuidados para que as pérolas se formem.

Não são todos os moluscos que conseguem produzir a pérola. Há também os casos onde os moluscos desenvolvem a pérola, mas as pérolas ou não saem com a qualidade devida ou não saem totalmente desenvolvidas da maneira como tem que ser.

Um fato sobre as pérolas é que elas podem ser desenvolvidas tanto na água salgada como na água doce. Também existem tipos de moluscos diferentes que produzem pérolas de aparência diferente.

 

Tipos de pérolas

As pérolas South Sea e as Pérolas do Tahiti são consideradas top de linha, isso devido ao seu tamanho, brilho e preço. Quanto maior o tempo de cultivo (que deve ser no mínimo de 3 anos) maior a iridescência e o efeito arco-íris que a luz branca provoca quando incide sobre a pérola e retorna aos nossos olhos.

 

Formatos e cores

As pérolas possuem diferentes formatos e cores. Quanto mais redonda a pérola for, mais rara e maior será seu preço. Os formatos vistos são os redondos e ovais. Recentemente as pérolas barrocas voltaram com força às maiores tendências de moda.

 

Madrepérola

Além das pérolas, temos uma outra fonte de beleza natural vinda das conchas: a madrepérola. Lindas e cintilantes, elas transformam as joias e encantam as pessoas com sua delicadeza. Podem ser usadas em acessórios, itens de decoração e claro: joias.

 

Colar Redondo Prata Madrepérola

 

 Como nasce uma madrepérola?

A madrepérola é uma substância calcária a base de nácar que reveste a parte interna de uma concha. 

Seu processo de obtenção é bem interessante: quando um corpo estranho tenta invadir o interior de uma concha, seu organismo começa a produzir a madrepérola para envolver o intruso e proteger o molusco.

Assim, quanto mais uma concha passar por traumas e ataques, mais madrepérolas produzirá.

Esse é o mesmo processo para a formação da pérola, quando o nácar envolve o invasor por completo, formando uma esfera perfeita ao seu redor.

 Madrepérola

E aí? Gostou de saber um pouco mais sobre as pérolas? Agora que já conhece sobre essa beleza rara, você pode escolher as peças ideais para deixar o seu look ainda mais elegante e delicado.

 

Até o próximo post!

Deixe um comentário

Por favor esteja ciente que comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

Carrinho de compras

Parabéns! Seu pedido é qualificado para o transporte livre Gaste ||R$395|| para frete grátis
Não há mais produtos disponíveis para compra