website
Este site tem certas restrições de navegação. Recomendamos o uso de navegadores web como: Edge, Chrome, Safari ou Firefox.

Afinal, o que é esse tal minimalismo?

De tendência artística a um estilo de vida pautado em menos volume e mais qualidade. Saiba mais sobre o minimalismo e seus benefícios.

Minimalismo, uma palavra com diversas interpretações. Para uns, apenas uma corrente estética e artística; para outros, a abnegação de quem abre mão dos confortos da vida moderna; há ainda quem considere uma moda para poucos privilegiados, que podem se dar ao luxo de largar tudo e tirar um ano sabático acampando em locais paradisíacos ao redor do mundo. E por aí vai...

Mas, afinal, o que é minimalismo?

Bem, talvez valha a pena começarmos dizendo o que ele não é: não se trata de um voto de pobreza, tampouco uma opção por itens de baixa qualidade. O foco não está somente em reduzir quantidade, mas acima de tudo valorizar a qualidade em cada escolha.

Em sua acepção contemporânea é um conceito que traduz, basicamente, o ideal de viver somente com o que é essencial para uma vida plena de significado. E aqui não estamos falando apenas de suprir necessidades básicas, mas daquilo que permite a cada um fruir melhor seu tempo, expressar verdadeiramente sua personalidade e valores, empregar melhor seus recursos e energia.

Na prática, é abrir mão de excessos que, no fim das contas, não te fazem feliz de verdade e tornar a vida mais simples focando no que importa genuinamente para você.  

Como surgiu o conceito do minimalismo?

O termo foi usado primeiramente para definir movimentos artísticos e culturais do século XX, especialmente nas artes visuais, arquitetura e design. Entre seus grandes expoentes, podemos citar o artista plástico estadunidense Frank Stella e o arquiteto alemão Ludwig Mies van der Roche, autor do aforismo “menos é mais”, frase que talvez melhor traduza a essência do minimalismo. Na moda, estilistas como Jil Sander e Yohji Yamamoto estão entre os nomes mais influentes.

Apesar da personalidade única que cada criador minimalista imprime à sua obra, todos têm em comum o fato de apostar em poucos e significativos elementos. Cores, formas e matérias-primas são escolhidas para criar peças atemporais, equilibradas, que evoquem de certa forma a aura do essencial e do eterno.

O design minimalista está no DNA da Alke, todas as nossas peças se destacam pela limpeza das formas, qualidade dos materiais e durabilidade. Colares, brincos, pingentes e pulseiras que não seguem tendências passageiras, mas carregam estilo que perdura no tempo.

Nossa Coleção Sempre é um excelente exemplo! Traz formas geométricas, linhas limpas e poucos elementos em peças elegantes e descomplicadas, confeccionadas em prata, um material nobre e atemporal.

Brincos de Argola Grossa

Brincos e Piercing de Argola Grossa em Prata: algumas das joias com design minimalista da Coleção Sempre

O estilo de vida minimalista

Ao longo do tempo, o conceito minimalista extrapolou a estética e passou a inspirar um estilo de vida que vai na contramão do consumismo desenfreado, do desperdício, do excesso de estímulos e do ritmo super acelerado.

Não se trata de jogar fora tudo que se tem, quebrar o relógio e se isolar do mundo! Tem a ver com autoconhecimento e priorização. É compreender o que realmente faz sentido para você, o que traduz sua essência e pautar suas escolhas nisso, de forma consciente e tranquila. Seja na hora de comprar um acessório ou uma roupa, decorar sua casa, reutilizar algo que normalmente jogaria fora ou organizar sua agenda de atividades.

O tema vem atraindo atenção crescente nos últimos anos e muita gente, ainda que não abrace esse estilo de vida integralmente, tem adotado algumas práticas minimalistas no cotidiano.

Listamos algumas das principais motivações de quem já adotou ou considera adotar o minimalismo.

4 benefícios de um estilo de vida minimalista:

  • Sustentabilidade ­– Grandes desafios ambientais enfrentados pela humanidade, como aquecimento global e excesso de lixo, exigem que repensemos nossa forma de consumir e descartar. Ao priorizar produtos de alta qualidade e durabilidade, ao invés de itens descartáveis ou que se danifiquem rápido, praticamos um consumo mais consciente e poupamos recursos naturais. O mesmo acontece quando adquirimos peças de design clássico, atemporal ou com profundo significado para nós ­– como uma joia amuleto – e não um acessório “do momento”, que logo se tornará datado.
  • Essência ­­– Quando decidimos viver com menos, procuramos deixar a pressão externa em segundo plano na hora de fazer nossas escolhas. Consequentemente, tudo que optamos por trazer para nossa vida, seja uma roupa, uma joia ou uma nova atividade, é reflexo genuíno de nossa personalidade, nossos valores e necessidades individuais. Aquilo que temos ganha significados mais profundos, muito além do material.
  • Economia ­– Quem nunca se viu às voltas com a incômoda sensação de ter comprado algo que nunca usou só porque “estava na promoção”? O famoso barato que sai caro... Ao comprar itens de qualidade e que nunca saem de moda, também fazemos um uso mais inteligente do dinheiro. Isso pode significar mais estabilidade e segurança financeira no longo prazo.
  • Redução do estresse ­– Um estilo de vida minimalista pode se refletir em bem-estar emocional de muitas maneiras. Primeiro, quando temos menos coisas para administrar, sobra mais tempo para o lazer e o descanso. Viver de acordo com nossa essência, nos dá mais autoconfiança e nos torna menos vulneráveis a comparações com outras pessoas. A sensação de estar contribuindo com um bem maior, como a sustentabilidade, também nos traz uma recompensa emocional. O mesmo acontece quando percebemos que nossos recursos financeiros estão sendo bem empregados.

Minimalismo para não minimalistas, é possível?

No fim das contas, mesmo quem não tem intenção de adotar um estilo de vida integralmente minimalista pode se beneficiar dos princípios do minimalismo em algum aspecto do dia a dia. É possível, por exemplo, gostar de uma rotina agitada e repleta de compromissos e, por outro lado, manter um guarda-roupa de poucas peças, mas versáteis e de alta qualidade, que possam ser usadas muitas vezes por longos anos.

Ficou com vontade de saber mais? Uma ótima forma mergulhar um pouco mais fundo neste universo é assistindo a alguns dos ótimos documentários produzidos recentemente sobre o tema. 

Conheça também: Luísa Velludo: O Encontro da Joalheria Minimalista com a Arte

Até o próximo post!

Deixe um comentário

Por favor esteja ciente que comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

Carrinho de compras

Parabéns! Seu pedido é qualificado para o transporte livre Gaste ||R$395|| para frete grátis
Não há mais produtos disponíveis para compra